[texto] No topo do morro

No topo do morro, Nova Friburgo/Rio de Janeiro – Abril/2015


Lá no topo do morro, a vida passa mais devagar.

O dia começa com o galo cantando e as crianças brincando.
O sol, ainda escondido, aparece com o passar das horas.
As galinhas, esfomeadas, até voam pra alcançar o balde cheio de restos do dia anterior.

E assim vai, assim passa.
Assim o gado come o pasto em cima do monte.
Assim o ônibus passa anunciando chegadas e despedidas.

E assim vai.

Assim chegamos, assim passamos, assim nos vamos.
Assim, com a alma mais calma e com a mente mais devagar.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s