[texto] são muitos amigos, não me sinto só

amiga, amigo.

existem aqueles que estão com você todos os dias. com quem você divide o escritório, a faculdade, a escola. E ainda tem a cara de pau de encontrar no final de semana pra ir pra balada, pra igreja, pro cinema e diz que tá com saudade, se fica um dia sem ver.

existem aquelas migas que você quase nunca vê, mas que você guarda com muito carinho toda a história que construíram juntos, as lembranças, as piadas..e que, quando se encontram, nada parece ter mudado.

ah! e aquela que você viu uma vez na vida, numa viagem de feriado, mas que você ama como se ela estivesse sempre do seu lado, como se fosse de infância.

aqueles que escutam os seus sonhos mais malucos e os seus segredos mais profundos. te dão uma bronca quando você faz coisa errada, mas se empolgam quando você tá planejando AQUELE mochilão maluco. Aquele amigo que vai dar um sorrisão e te ajudar enquanto o mundo diz “Sua doida!”.

e a família dos amigos que, de tanto te aguentar na casa deles, acabam virando seus amigos, te amando e querendo você perto..te considerando “quase da família”.

<3


tem aquela miga que, numa quarta-feira qualquer, vai te mandar uma mensagem aleatória dizendo: “Tenho um ingresso sobrando pra um show no RJ, você topa?”. Aí vocês vão, passam perrengue, curtem muito e continuam super amigas – já planejando a próxima loucura dessa.

tem aquela amiga de viagem. que você conheceu na fila do aeroporto, ou enquanto esperava seu ônibus na rodoviária, talvez naquele museu chato. um amigo brasileiro que você conheceu no meio de um monte de argentinos em Buenos Aires, em algum barzinho na Colômbia enquanto assistia a uma jogo do Brasil.

ou aqueles amigos (no plural mesmo) que você conheceu na internet e foi mochilar pela Bolívia. com quem você fez xixi no meio do deserto, bebeu cerveja ruim, comeu comida estranha e ainda pegou ônibus demorado e ruim. E aquele que estava com você enquanto você passava mal no hospital 😦

DSCN4762 (FILEminimizer)
vini, sofrendo com o mal de altitude na Bolívia.


aqueles migos de intercâmbio que aguentaram você bêbado, você se ferrando nas provas, viajaram com você pra vários lugares novos, cozinharam contigo, compartilharam casas e rotinas e aguentaram você chorando de saudade de casa.

aqueles amigos de internet, que você nunca viu pessoalmente, mas por quem tem um carinho enorme. Com quem já trocou altas mensagens, altas ideias e presentes – pelo correio, claro.

e aquele amigo que veio da internet e, meio que sem querer, virou seu parceiro de mochilão e de descobertas espirituais; que aguentou suas crises, suas lágrimas. que riu com você, que viveu a magia da estrada e das pessoas boas, passou perrengue, cozinhou na fogueira, te deu bronca, ouviu seus sermões e conheceu lugares incríveis.

DCIM101GOPRO
amigos que fiz em Pirenópolis/GO


aquelas migas que entendem essa sua paixão pela liberdade da estrada. que entendem que nem sempre você vai estar nos compromissos sociais como um aniversário, mas sabem que você a ama da mesma maneira. e aquela amiga que vai planejar a próxima aventura, mas com data pra voltar porque ela não pode perder seu casamento né?!

12194785_1003224996364539_712422488831459354_o
no casamento da melhor amiga 🙂


aquela amiga que te conheceu numa praça e ofereceu sua casa como moradia pra você. aquele que te conheceu num dia e, no outro, já tava te convidando pra morar na casa dele durante um mês todo.

aqueles que te dão uma carona e que são seus amigos durante 20 minutos, 3 horas, 4 dias. aqueles amigos que você conhece na caminhada até a praia, toma umas cervejas e é isso.

e, o namorado que antes de tudo é seu amigo. que topa todas as aventuras (mesmo que elas sejam uma trilha de 6h pra chegar numa praia maneira!), mas que também entende que, as vezes, você precisa viajar sozinha – pra se encontrar e conhecer o mundo única e exclusivamente com seus olhos.

DCIM102GOPRO


amigos, amigas. migos, migas.
são tantas, são tantos. fica difícil descrever.

primeiro, obrigada a todos esses que conheci durante essa vida toda e que sempre estão ao meu lado, de alguma maneira.
segundo, que antes de querer um amigo bom por perto, que a gente aprenda a SER um amigo desses: que respeita, que se empolga, que dá bronca, que ajuda e que ama

———-

qualquer semelhança com a realidade, pode não ser coincidência! 😉

feliz dia do amigo!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s