[guia rápido] Como economizar com hospedagem?

Você é desses que adora viajar, tem pouca grana, mas não abre mão do conforto?
Ou qualquer cantinho pra você serve? Aqui tem dica pra todo mundo! 😀

VOCÊ TEM UMA GRANINHA? QUE TAL TENTAR…

…pacotes em sites de Compra Coletiva

Groupon e Peixe Urbano existem e oferecem descontos muito bons pra hotéis e pousadas pra você que não abre mão do conforto. Só fique de olho pras condições de compra (datas, por exemplo).

…alugar um apê no AirBnb

É como estar na casa de um amigo e pagar um valor de hostel. Você pode alugar um quarto ou a casa inteira. Só pra você ou pra você e mais 8 amigos. Ficar uma semana ou um mês. Dá uma olhada aqui (usando esse meu link, se você fechar, eu e você ganhamos R$70 de crédito ❤ )!

TA COM A GRANA CURTA?  QUE TAL TENTAR…

…se hospedar em hostel

Miga, essa é a opção mais comum entre Mochileiros.

1) porque existem hostel de todos os tipos, desde o mais simples até os mais chiques
2) porque há opções de quartos/banheiros privados ou quartos/banheiros compartilhados
3) porque você tem a oportunidade de conhecer gente do mundo inteiro, já que a estrutura de um hostel tem esse objetivo (salas de convício, cozinha compartilhada etc)

Pra encontrar um bacana, ler referências e ver preços, você pode usar ferramentas como o HostelWorld, Booking, HostelBookers, TrivaGo, TripAdvisor* ou se associar ao HiHostels – rede de albergues**

*Essas ferramentas valem para encontrar hotéis também
**Eu particularmente não achei vantajoso me associar ao HI. Visto que existem hostels melhores e mais econômicos do que os associados do HI e o desconto de associado é bem pequeno).

…acampar num camping estruturado

Quem acha que essa é só opção pra hippie-mochileira-roots ta bem enganado!
Existem campings muito bons por aí e com preço mais acessível.

Em Capitólio, por exemplo, fiquei no Camping Canarinho no Carnaval. Paguei r$35 o dia e a estrutura contava com banheiros limpos e com vários chuveiros quentes, cozinha compartilhada, piscina, vasta área pra colocar as barracas e uma mini -quitanda que vendia coisas básicas.

12729604_452112044985921_396731675_n
Camping Canarinho. Por que vocês acham que estava cheio? Bom, né?!

Aí, o conforto da sua “casa” quem faz é você. Leve colchão, lona etc e seja feliz 😀

É claro que existem opções mais baratas…mas, talvez o chuveiro seja gelado, você tenha que levar seu fogareiro…tudo depende do quanto de conforto você quer e quanto de dinheiro você tem pra gastar

MIGA, CE TA ZERADA DE GRANA?  QUE TAL TENTAR…

…camping selvagem

Aos mais aventureiros, como eu, que tal acampar no estilo “Into The Wild”?
Em muitos lugares aqui do Brasil isso é proibido, como nas praias, mas em alguns lugares do Chile e Paraguay é liberado. Tente sempre conversar com moradores locais pra encontrar algum lugar seguro (quem sabe alguém não oferece um quintal) e, quando o dia estiver ensolarado, busque lugares com sombra. E, na saída, lembre-se sempre de deixar tudo como se você não tivesse passado ali, sem ferrar a natureza. Por exemplo, levando seu lixo pro lugar certo de descarte.

13308408_465269800349691_7975834564465366973_o
imagina acampar livre e acordar com esse cenário? fiquei acampada 7 dias aí, na Lagoa de Arituba – Natal/RS

Pra quem tá viajando de carona, acampar em postos de gasolina 24h ou no baú do caminhão do seu carona é a máxima. Embora tenha muito barulho a noite toda, você tem acesso fácil a comida, água e, normalmente, chuveiros também. Sem contar que estará seguro ali, já que a maioria conta com vigilância a noite toda.

11057997_10203230850207122_1834947603727655355_n
rodoviária de maluco é posto de gasolina, ja dizia Ventania

Você pode dar uma olhada (e/ou colaborar) no mapa de campings selvagens que eu elaborei, no mapa Acampe no Meu Quintal e ler os diversos relatos que o pessoal do Pedarilhos escreveu sobre acampamentos livres.

…couchsurfing

Esse também é queridinho! Não só porque você economiza grana com ele (até porque, esse não é o objetivo do site), mas porque você também conhece moradores locais que podem te contar sobre aquele barzinho maneiro ou sobre aquele museu escondido que só quem mora ali, sabe. E, de quebra, ainda ganhar um novo amigo. Olha que daora!

10408670_304938203049519_5153730453633042545_n
onde dormi, por uma noite, na casa de uma host em Viña del Mar/Chile

Lembre-se sempre que a casa do seu host não é hotel, ok?! Então, tente atrapalhar o mínimo possível (leia ATRAPALHAR como fazer barulho até tarde, chegar tarde em casa, chegar bêbado causando, deixar a casa suja, suas coisas bagunçadas), ajude em algumas tarefas (como lavar a louça, deixar as coisas organizadas) e evite constrangimentos como deixar a toalha molhada em cima da cama. No mais, interaja! Converse, cozinhe, ensine e compartilhe suas histórias. Compre um vinho, umas cervejas, faça um bolo…

10941044_301155810094425_4063426748240913598_n
Eu, colaborando com a louça, e a Liz, fazendo um bolo. Não custa nada ser simpático com quem nos recebe, né non?!

Dê uma olhada no meu perfil & nas referências para entender mais.

Além do site, existem grupos que podem te auxiliar na hora de conseguir um lugar, como o CS Brasil, CS das Minas ou CSs regionais (São Paulo, Brasília etc).

…trabalhar em troca de hospedagem

Você só vai precisar de um pouco mais de tempo, já que a maioria dos lugares exige estadia mínima de 2 a 4 semanas.  Encontre vagas em sites como o WorkAway, Worldpakers e WWOOF* (foco em fazendas) de várias partes do mundo. O seu trabalho pode ser de atender clientes num hostel, cuidar de crianças ou colher café, por exemplo.

Você pode ir de porta em porta nos estabelecimentos, oferecendo seu trabalho em troca de dinheiro, hospedagem ou alimentação. Que tal?

*em alguns casos, as refeições estão inclusas. Por isso, é importante olhar bem o perfil dos contratantes e conversar bastante pra não restar nenhuma dúvida  😀

A Camila, dO Melhor Mês do Ano, fez um Diário de Workaway com 10 posts sobre a experiência dela. Vale a pena conferir!

…anunciar sua viagem aos quatro cantos!

Redes sociais tão aí pra isso. Converse com seus amigos, publique no seu Facebook e quem sabe alguém não consegue uma casa de um ótimo distante pra você ficar ne?!

Quando eu fui pra Mendoza, na Argentina, fiquei na casa da amiga de um amigo. Numa conversa aleatória, contei pra ele que iria pra essa cidade e ele logo lembrou dessa sua amiga… eu ganhei uma hospedagem e uma nova grande família! ❤

brasil <3 argentina
da esquerda pra direita: a amiga do meu amigo, a Sofi; Valentin, seu irmão; eu e Gabi, irmã deles

EXTRA!

As vezes, pra economizar, pego voos da madrugada e chego no meu destino às 2 da manhã. Aí, durmo no aeroporto mesmo: quentinho, tem banheiro, é seguro e tem água e comida (mesmo que cara, mas tem). O mesmo vale para rodoviárias (tipo a do Tiête, aqui em SP, que é mega estruturada). Acha um cantinho legal, encosta a mochila e durma feliz! Só confira antes os horários desses locais porque eles podem não ser 24h (já aconteceu comigo) 😦

Comprar passagens noturnas para destinos longos é uma boa tanto para economizar grana com hospedagem e tempo, pra você não perder um dia inteiro no ônibus né?!

Não são opções muito confortáveis, mas pra quem tá com a grana curta… faça as suas escolhas, parça!

Lembrado que a economia que você faz depende bastante do conforto que você exige

——–

Conhece mais alguma maneira? Conta pra mim!
Gostou do conteúdo?
Comente, compartilhe e colabore

Advertisements

5 thoughts on “[guia rápido] Como economizar com hospedagem?

  1. To adorando seu blog. Pensei que já sabia de tudo e aprendi muito com esse artigo.
    Você escreve de forma direta e tem um dom pra edição.
    Enfim gosto muito de frequentar Hostels pois faço muita amizade e dependendo de onde vou , me sinto mais “seguro.” Nunca me hospedei em camping estruturado. Sempre fui adepto do selvagem . Moro muito perto do Pico dos Marins então sempre acampo lá.
    Tinha me esquecido desses sites de compra coletivo. Vou ficar de olho na próxima vez q for viajar .
    Obrigado e até mais rs…

    1. Oi Felipe!

      Eu sempre fico feliz quando aparecem comentários por aqui! Ainda mais quando são elogios como o teu.

      Muito obrigada! Eu escrevo do coração e tento passar as informações de uma maneira não convencional, mais divertida e clara. Afinal, hoje em dia dá uma preguiça de ler post comprido e cansativo, né?!

      Hostels realmente são muito bons e, se procurar, dá pra achar uns bem bons e baratos! E fazer muitos amigos né 🙂

      Nunca fui no Pico do Marins, acredita?! É tranquilo ir de maneira independente?

      Abraços

  2. Olá Nathaly
    Quem nunca teve preguiça de ler aquele texto enorme , rs. Mas texto bom não cansa minha cara .
    Sim o Pico dos Marins é tranquilo. Tem um acampamento base que fica próximo do bairro e vc pode escolher passar a noite ali, porém paga uns 10 reais para montar acampamento. Agora caso queira dormir na montanha, é só agradecer a Deus pela natureza do lugar e já tá valendo. Porém caso queira subir e descer e depois pousar na cidade , também dá tranquilo. Qualquer dúvida me contate .
    Se cuida e inté…

  3. Muito boa a postagem! E é bem prática também. Nunca experimentei o Couchsurfing porque quase sempre viajo acompanhado e nunca tive coragem também. Outra boa opção para quem tem mais dinheiro é ficar em Apart Hotel já economiza bastante na alimentação, em família, em Santiago, fazíamos café da manhã e jantar no apê.
    Parabéns! Escrita bem natural!

    1. Couchsurfing é uma ótima experiência. Pela troca cultural e pelo novo olhar em relação a uma cidade. Recomendo que tente uma vez =)

      A ideia do Apart Hotel é otima! Ainda mais se estiver com galera ne?!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s